Notícias

Sintfesp na luta pelo restabelecimento do serviço de perícia médica dos servidores no INSS em Goiânia

O serviço de perícia médica para atendimento aos cerca de 500 servidores do INSS de Goiânia está desativado. O serviço é fundamental, pois é o laudo de um médico perito que resguarda o servidor em caso de necessidade de afastamento por motivo de saúde.

Ontem a diretoria colegiada do Sintfesp-Go/To teve uma audiência sobre o assunto com a gerente executiva do INSS em Goiânia, Maria Luzeni. A gerente explicou que a sua gerência não tem como resolver o problema, pois os peritos médicos estariam subordinados ao Setor de Saúde do Trabalhador – SST da capital que, por sua vez, está subordinado à Diretoria Geral de Saúde do Trabalhador – DIRSAT. No  caso específico de Goiânia, a justificativa da gerente é de que os médicos peritos que faziam o serviço de atendimento ao servidor têm lotação de origem no Setor de Saúde do Trabalhador, que os encaminhou a agências da previdência social.

Em resumo, esse jogo de empurra-empurra prejudica o atendimento ao servidor em seus direitos.

Visando proteger e defender os direitos da categoria a diretoria do Sintfesp reivindicou da gerência executiva do INSS que reitere a solicitação junto à SST e à DIRSAT de médicos peritos para o restabelecimento do serviço pela autarquia. “A gerente afirmou que encaminhou a solicitação à Superintendência Regional 5, do INSS, à qual a gerência é subordinada, e que reiteraria a cobrança”, informa o diretor de Organização e Política Sindical, Mauro Mota.

Também participaram da audiência as diretoras Terezinha Aguiar, Gilzele Sampaio e Wilma Alves de Almeida.

 

 

Assessoria de Comunicação
Cláudio Marques (MTE 1534)

Foto: Gilzeli Sampaio


04/07/2018

Boletim Eletrônico, cadastre-se:

 

Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde e Previdência

Travessa César Baiocchi Sobrinho, Quadra F-19, Lote 10, Setor Sul

CEP 74080-130 - Goiânia - Goiás

(62) 3224-8232 | sintfesp@sintfesp.org.br